Chuvas mal distribuídas mantêm oferta da mandioca baixa

Em algumas regiões acompanhadas pelo Cepea, o volume de chuvas registrado nos últimos dias chegou a 50 mm, enquanto em outras esteve abaixo de 10 mm – uma parte das praças não registrou precipitações. Nas regiões de maior umidade, agricultores com necessidade de liberar áreas, seja para o cultivo de outros produtos ou para a entrega de arrendamentos, comercializaram a raiz.

De acordo com o boletim informativo do Cepea, outros agentes voltaram-se ao preparo do solo ou ao plantio de mandioca. Nesse cenário, a oferta ficou abaixo das expectativas, e muitas fecularias continuaram com dificuldades para manter a moagem. Algumas, inclusive, seguiram se abastecendo em regiões mais distantes. Assim, entre 30 de agosto e 3 de setembro, a média nominal a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 515,35 (R$ 0,8963 por grama de amido), 1,5% acima da média da semana anterior. Em valores reais (deflacionamento pelo IGP-DI), a média da última semana ficou 22,5% acima da do mesmo período do ano passado.

Da redação com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *