Açúcar tem ligeira queda na Bolsa de Nova York

O mercado futuro do açúcar em NY encerrou a sexta-feira com o contrato para vencimento outubro/21 cotado a 19.58 centavos de dólar por libra-peso, uma ligeira queda de 9 pontos (dois dólares por tonelada) em relação à semana anterior. A informação foi divulgada por Arnaldo Luiz Correa, que é consultor, palestrante, técnico para arbitragens e professor de gestão de risco em commodities agrícolas.

De acordo com ele, os fundos liquidaram 12,000 lotes, mas ainda possuem 238,755 comprados. “Do final de julho até o fechamento de sexta-feira, a média de valorização das cotações correspondentes aos contratos da 21/22 foi de 39 dólares por tonelada, ao mesmo tempo que a média de valorização para 22/23 foi de 52 dólares por tonelada. O mercado em um mês acelerou a compra/proteção da 22/23 refletindo a preocupação em relação à próxima safra tendo em vista o desempenho muito aquém do esperado para esta safra corrente devido ao clima adverso”, diz, em seu perfil no LinkedIn.

“Muito se fala em “morte súbita” para a moagem da cana, uma situação em que a moagem para porque não existe mais matéria prima disponível. Uma safra de 520 milhões de toneladas de cana já parece não assustar. Quem continuou com a política de hedge fixando preços para a 22/23 em reais por tonelada e comprando calls (opções de compra) fora do dinheiro, 150 pontos acima, está se dando bem, pois no final de julho a média das cotações estava 16.25 centavos de dólar por libra-peso e na sexta a média era de 19 centavos de dólar por libra-peso!! 275 pontos de ganho”, conclui o especialista.

 Da redação com o Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *